21 2563 1919

Menu Auxiliar

Início >> Acontece >> Vida e Carreira >> Oito passos para construir um currículo criativo

Text Resize

-A +A

Oito passos para construir um currículo criativo

qui, 06/11/2014 - 15:27 -- Ryam Barroso

Oito passos para construir um currículo criativo

Vida e Carreira
6 Novembro 2014

Por Maura Xerfan
Coordenadora do Serviço de Orientação à Carreira (SOC) da UniCarioca

Na busca de um novo emprego, hoje, é preciso desenhar estratégias e utilizar recursos que aumentem as suas chances de visibilidade. Além da presença online, que já falamos na edição sobre o Linkedin, uma maneira bem eficiente é fazer de seu currículo um diferencial e, para impressionar os recrutadores antes mesmo da entrevista, você pode se valer da tecnologia e da criatividade.

Sabemos que hoje no mundo digital, um portfólio em feito sempre impressiona mais que um currículo, mas ainda não podemos deixar o currículo de fora, não é mesmo? Então, a proposta é transformá-lo em um documento criativo, que irá ajudar muito a construir uma ”excelente primeira impressão” e até mesmo e tornar uma “amostra grátis” de seu portfólio.

Se você for oriundo dos cursos de marketing, design, comunicação, jornalismo, computação gráfica, jogos digitais e afins e estiver à procura a de uma agência uma empresa nova, moderna, dinâmica, do tipo que é adepta de inovações e está pronta para receber essa nova geração, que tem um jeito próprio de pensar, trabalhar e se apresentar - a geração Y – essas ideias, que vamos tratar aqui, vão revolucionar seu currículo.

O seu desafio é não é exatamente o conteúdo do currículo, mas como vai apresentá-lo. Então, vamos começar:

Primeiro, crie um resumo de suas informações, mas pense em grupos de informações ou caixas de texto contendo informações sobre você. São várias caixas, por exemplo: dados pessoais, objetivo, portfolio, redes socais, formação acadêmica, formações complementares, experiências profissionais relevantes e um perfil profissional. Isso já vai dar um bom material para trabalharmos.

Em seguida, crie um roteiro, assim, como quem vai contar uma história. Pense de forma direta como quem está dando atributos e enredo ao seu personagem, nesse caso, você mesmo. Você vai ver que com início, meio e fim fica mais fácil atribuir ordem e fazer um bom layout.

Para montar um bom layout você não precisa ser um mestre em design, mas pode usar recursos interessantes para ilustrar. A tipografia é um deles. Brinque harmoniosamente com os tipos e tamanhos de fontes.

Use hiperlinks que levem o recrutador ao seu portfólio, ao seu blog, à uma rede social profissional, a um depoimento sobre você ou à instituição de ensino em que se formou ou empresa em que trabalhou. A tecnologia deve sempre trabalhar a seu favor.

Os elementos gráficos são muito bem-vindos e estão sendo muito utilizados por forte influência dos infográficos e da navegabilidade em mobiles. Veja as tendências de Flat Design¹ e Skeumorfismo². Os recursos gráficos ajudam a agrupar e sintetizar informações.

O uso de QR CODE, código de Barras, logos e símbolo de reciclagem tornam o design ainda mais autêntico e criativo.

Use também cores e contrastes para realçar. Mas lembre-se: não exagere, especialmente se você não for um profissional da área. Na dúvida, menos é mais, use uma pitada, como se estivesse acrescentado “sal a gosto” à receita única que é você.

Precisando dar mais um passo? Procure o SOC, agende seu horário e venha trocar ideias sobre a construção do currículo criativo ideal para você.

Notas:
- Para agendar um horário escreva para soc@unicarioca.edu.br, o serviço é gratuito.
Crie o seu próprio QR Code.

Fonte de imagem.

Flat Design¹: É basicamente um design minimalista constituído pela simplicidade dos objetos e pontos marcantes.
Skeumorfismo²: É a palavra que se refere ao design de um objeto que copia ou se assemelha a forma do objeto real. 

Edição 13, da série Vida e Carreira, organizada pelo Serviço de Orientação à Carreira (SOC) da UniCarioca. 

2 Comentário(s)

Comentar

Maura Xerfan
Olá Marcos Antônio, obrigada, fico feliz que tenha gostado e que tenha sido de interesse de seus alunos. Quando flamos da variação de letras (fontes) em tipos e tamanhos fica difícil falar de um padrão, mas permitiria o aluno que o currículo fosse formatado como muitos anúncios "all-type". Um resumo não deve exceder duas páginas. Essa diagramação em "caixas de textos" é um excelente resumo par ajudar a apresentar a informação concisa e clara. Vale lembrar que estamos à disposição dos alunos e professores no Núcleo de Orientação à Carreira. Para agendar um horário é só enviar um e-mail para soc@unicarioca.edu.br
25.11.2014
marcos
olá Maura, adorei sua matéria! Segue algumas sugestões para complementar essa matéria que foram dúvidas destacadas por meus alunos que achei bem interessante. Que tipos de letras são mais interessantes para criar um currículo criativo sem perder tempo? E qual o tamanho da fonte que é mais adequado? Quantas páginas tem um bom resumo: uma ou duas?Achei legal estes questionamentos. Eu mesmo as vezes tenho dúvidas, por conta do fato de usar o lattes a anos. As vezes fica difícil resumir o Curriculo. Abraços , Marcos Antonio
14.11.2014