A força de quem faz a ABMES | UniCarioca | Centro Universitário Carioca

Pós-Graduação com

50% de desconto

durante todo o curso.*

  *Consulte condições

Nós te ligamos

Acontece
Notícias

Artigos

A força de quem faz a ABMES

16/08/21

Por Celso Niskier,

Nas últimas semanas, em virtude das celebrações pelos 39 anos da ABMES, fizemos um exercício de sistematização dos principais serviços implementados e ações desenvolvidas pela Associação nos últimos três semestres em função dos impactos ocasionados pela pandemia de Covid-19 no setor educacional. A ideia era tentar tornar “palpável” uma parcela dos esforços empenhados pela entidade nesse período tão crítico. Confesso, contudo, que a quantidade de itens e a capacidade de resiliência da entidade me surpreenderam positivamente.

Para começar, seguimos com o cronograma de lançamentos previstos para 2020, como o Fale com o Presidente, por meio do qual converso diretamente com nossos associados, e o Learning and Inovation Center – LinC, que consiste em uma central de aprendizagem, inovação e criatividade que engloba conteúdos como o ABMES Podcast, o ABMES Play, o ABMES Cursos e o ABMES Lab.

Dada a urgência do cenário, em especial nos primeiros meses quando as mudanças regulatórias foram intensas diante da necessidade de adaptação das políticas educacionais para o formato remoto, a Associação se reinventou para oferecer às mantenedoras associadas um atendimento ainda mais ágil, disponibilizando uma consultoria exclusiva e personalizada por videoconferência. Além disso, os demais canais de atendimento aos associados tiveram suas horas de suporte ampliadas.

Ações que já fazem parte da agenda, como seminários mensais e o ABMES Regional, foram adaptadas para o formato virtual, bem como a Campanha da Responsabilidade Social e os cursos, que mantiveram a interatividade peculiar às capacitações ofertadas pela Associação. Além disso, em conjunto com o Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular, a ABMES realizou o CBESP Preview (on-line) e a 13ª edição do CBESP, em um formato 100% virtual e reunindo mais de 4.000 participantes.

No âmbito da comunicação, foram criados plantões e vídeos explicativos sobre as novas normas regulatórias; as publicações seguiram suas periodicidades e passaram a ser disponibilizadas também no formato de e-book pela Amazon; diversas pesquisas e análises de cenário foram realizadas em parceria com a Educa Insights, aproximando a Associação da imprensa e oferecendo subsídios para a tomada de decisão das instituições de ensino; e promoção da campanha “Educação Mais Forte”, ressaltando a importância do reconhecimento da educação como atividade essencial.

Mas, sendo a entidade representativa que é, mesmo no período de maior crise da nossa história, a ABMES não se pautou apenas pelo acolhimento. Os desafios eram inúmeros e era preciso que a voz do setor particular de educação superior fosse ouvida. Por isso, também foram intensificadas as atividades junto ao Ministério da Educação e aos demais órgãos de governo que conduzem as políticas para o setor.

Nesse campo, foram feitas solicitações de medidas urgentes para mitigar as graves consequências da crise do coronavírus na educação; manifestações sobre o risco à estrutura educacional brasileira devido à tramitação de proposições legislativas sobre descontos compulsórios nas mensalidades; atuação, junto ao Congresso Nacional e ao Poder Executivo, sobre a Reforma Tributária e os impactos para o setor educacional; elaboração e entrega ao Inep/MEC de nota técnica sobre aperfeiçoamento da regulação e da avaliação da educação superior no século XXI; elaboração e entrega ao CNE de notas técnicas para aprimoramento dos procedimentos e padrões decisórios da regulação, supervisão e avaliação da educação superior e sobre a educação híbrida.

Muito mais poderia ser relatado aqui, mas vou me conter para que este artigo não se transforme em um relatório de prestação de contas. Não é essa a ideia aqui. Aqui, o meu objetivo é expressar a minha imensa gratidão à equipe da ABMES. Pessoas que operam toda a estrutura complexa que mantém a Associação em pé. Indivíduos que entregam seu tempo e seus talentos à construção de uma sociedade melhor, pautada na democratização do acesso à educação superior. Colaboradores que enfrentaram adversidades diversas, também na esfera pessoal, para seguir com a ABMES na sua missão institucional mesmo diante da pandemia que se abateu sobre o planeta. E ir além de qualquer planejamento ou expectativa de produtividade.

No mês em que celebramos os 39 anos da ABMES, nada mais justo do que celebrarmos também cada profissional que contribui – ou já contribuiu – para a construção da história e, sobretudo, da base que permitiu à entidade sair fortalecida de uma situação altamente desafiadora. Pessoas são o segredo de toda organização de sucesso, e na ABMES reconhecemos essa máxima todos os dias.

Fonte: ABMES