Justo reconhecimento | UniCarioca | Centro Universitário Carioca
Nós te ligamos

Acontece
Notícias

Entrevistas

Justo reconhecimento

12/08/19

Por Celso Niskier


Pessoas altruístas costumam exercer sua vocação em distintas esferas de atuação, sejam elas no âmbito pessoal, sejam no profissional. Como essência, não há interesse nas suas ações que não sejam os de se dedicar ao próximo e à construção do bem coletivo. Mas isso não nos impede de reconhecer e valorizar o trabalho e a dedicação de quem se empenha na construção de um país mais justo e desenvolvido, certo?

Foi pensando nisso que a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior instituiu, em 2018, a Ordem do Mérito ABMES da Educação Superior. Trata-se de uma comenda que tem como objetivo reconhecer a contribuição de personalidades para o desenvolvimento da educação e da sociedade brasileira.

Na terça-feira da semana passada, precisamente no dia 6 de agosto de 2019, dois novos agraciados passaram a integrar a seleta lista de membros da Ordem. O título de Oficial foi concedido a pessoas que se destacam nas suas respectivas áreas de atuação e nos motivam a acreditar que é possível uma educação de qualidade para todos os cidadãos e em todos os níveis de ensino. São indivíduos que, com empenho e bravura, tiveram suas vidas pautadas pelo zelo e pelo amor à área.

Assim como os adereços que compõem a medalha recebida por eles, as pessoas que a recebem devem possuir características como mente elevada, honra, confiança e espírito de luta pelo bem comum. E essas são qualidades que a ABMES enxerga no nosso querido professor Gabriel Mario Rodrigues e também na aguerrida professora Gina Vieira Ponte.

Colaborador fixo deste blog e responsável pelos textos das terças-feiras, com mais de 330 artigos publicados, Gabriel Mario Rodrigues é dono de uma trajetória ímpar e que se confunde com o desenvolvimento da educação superior no Brasil. Ao longo de décadas, atuou para o reconhecimento e a valorização do setor particular de educação superior. Nessa caminhada, fundou e dirigiu a Faculdade Anhembi Morumbi e foi reitor da Universidade Anhembi Morumbi. Também foi membro fundador e secretário executivo do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular e diretor presidente da ABMES de 2004 a 2016, que sob sua gestão se consolidou como a maior e mais importante Associação do setor em nosso país.

Já a professora de português Gina Vieira Ponte se destaca pela defesa da educação para a igualdade étnico-racial e de gênero. Ao conceber a educação como instrumento de fortalecimento da democracia e para a transformação social, ela criou o projeto “Mulheres Inspiradoras” em uma escola da periferia do Distrito Federal. Com a iniciativa, voltada para a valorização das mulheres e o fortalecimento da identidade das meninas, a professora conseguiu estabelecer novos padrões na relação entre meninas e meninos na escola. Como resultado, o projeto já ganhou 11 prêmios e foi transformado em política pública de educação, atualmente replicado em mais de 40 escolas do Distrito Federal.

Como podem ver, tratam-se de dois indivíduos que possuem estreita relação com a educação e o seu poder de transformação social. São pessoas que nos inspiram a continuar a caminhada em direção a uma educação de qualidade para todos, base para a conversão do Brasil em uma nação mais educada, desenvolvida, justa e promissora para todos os que aqui vivem.

______________________________________________

Celso Niskier é 
 Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e Reitor do Centro Universitário UniCarioca

Fonte